Auto

O que saber antes de contratar o seguro auto? Pontos importantes para evitar pegadinhas!

O que saber antes de contratar o seguro auto? Pontos importantes para evitar pegadinhas!

A busca por um bom seguro de carro tem se tornado cada vez mais comum. E não é para menos, principalmente quando entendemos que essa é uma forma de não ter prejuízos em caso de batidas que necessitam de reparos, ou até mesmo quando acontece roubo ou furto do automóvel.

Afinal, seja auxiliando com o reparo por meio da franquia ou com o reembolso, o proprietário do veículo tem mais segurança quando conta com uma boa seguradora de veículos ao seu dispor.

Mas se você está pensando em contratar um seguro auto e não tem total certeza de como funcionam os serviços e o que é importante na hora de decidir qual a melhor opção para os seus dias, continue lendo este texto. Por meio dele, você pode tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e ter um ótimo seguro veicular. Boa leitura!

As características do seguro auto que precisam ser conhecidas antes de fechar contrato

Existem alguns pontos que são diferenciais quando falamos sobre um seguro de veículo. Isso é suficiente para ter uma noção inicial se você terá a proteção necessária caso aconteça algum imprevisto enquanto está no trânsito ou se não. Confira abaixo, então, tudo o que você precisa saber antes de firmar o contrato com a seguradora:

O que é coberto

Dependendo de qual for a marca, modelo, ano e quilometragem do seu veículo, é possível contar com um número diferente de coberturas no seguro para carro. Por isso, a análise inicial deve ser exatamente essa: o que você terá de cobertura disponível para assegurar o automóvel.

O essencial é contar com um serviço que te proteja principalmente contra roubo e furto (para ter reembolso), perda total, danos, panes elétricas e mecânicas. Assim, independente de onde estiver, você não sofrerá prejuízo em caso de imprevistos.

Quais serviços você terá direito no seguro

Outra coisa que você precisa ter total conhecimento antes de fechar o contrato é o número de assistências no seu seguro para carros ou motos. E aqui, não falamos somente sobre a quantidade de serviços disponíveis, mas também sobre quantas vezes você pode acionar a seguradora e qual é o período de renovação.

A ideia então é contar com assistência para danos parciais (onde entra a franquia, e a seguradora ajuda a pagar o valor do conserto até um limite pré-estabelecido), guincho para levar o veículo até a oficina, reboque para o posto em caso de falta de gasolina e troca de pneu e chaveiro, caso você feche o seu carro com a chave dentro.

Agora, quando falamos sobre o acionamento do seguro, é fundamental que você analise pontos como: quantas vezes você pode chamar assistência e quando o benefício se renova, ou seja, quanto tempo você precisa esperar para poder solicitar ajuda novamente.

Ambos os pontos somente serão visíveis na hora de fazer a cotação do seguro auto, porém, é importante que você tenha isso em mente com antecedência, para lembrar de conferir antes de fechar o contrato, evitando assim dores de cabeça futuras.

A seguradora tem carência?

Saber quantas vezes você pode chamar o seu seguro de moto ou carro é essencial, como citamos no tópico anterior. Mas outro fator importantíssimo de se saber é sobre a carência.

Afinal, é por conta dela que você pode vir a ficar um período - estabelecido e combinado - sem poder usar as assistências do seu seguro. Isso acontece já que, neste período, as seguradoras estão fazendo uma reserva para garantir todos os seus direitos como segurado, e é por isso que na maioria dos casos não é possível ter assistência total logo no momento de assinatura do contrato.

E fidelidade?

Junto da carência, outra característica que você deve saber antes de fechar contrato com a empresa, é se ela possui fidelidade. Isso nada mais é do que um período mínimo em que você deve permanecer ligado à seguradora.

Por meio dela, é possível conquistar alguns benefícios, porém, sempre atrelado a sua permanência, o que pode lhe causar frustrações, caso não esteja satisfeito com a seguradora ou plano escolhido.

Tanto a carência como a fidelidade são pontos a se evitar, caso você não queira ter problemas. Afinal, você não pode acionar o seguro caso ocorra algum imprevisto ao mesmo tempo em que fica preso, sem poder cancelar o contrato e ir para outra seguradora que tenha um plano melhor.

Neste ponto, mais uma vez, a Pier se destaca das concorrentes, já que oferecemos planos livres - que você pode cancelar a qualquer momento - e sem período mínimo de espera para solicitar um serviço. Ou seja, se você assinar hoje o nosso seguro online e tiver um problema amanhã, ou quiser cancelar, é possível fazer isso sem problemas e sem pagar a mais ou alguma multa por isso!

Qual é, então, a melhor opção para o meu veículo?

A melhor opção de seguro para você é aquela que oferece exatamente o que você precisa, com um bom valor de seguro de carros (preço acessível), fácil de contatar e que leve máxima segurança e tranquilidade para todos os momentos.

Então, o que você precisa fazer é procurar por uma boa seguradora e simular o seguro auto para saber quanto você pagará (seja por mês ou por ano) e tudo o que ela oferece.

E se você está em busca de um bom seguro, a Pier tem as melhores opções para você! Com bons preços de acordo com o seu veículo, cobertura contra roubo e furto, perda total, danos parciais, pane elétrica ou mecânica, serviço de guincho, assistência em caso de falta de gasolina, troca de pneu, chaveiro e estacionamento por uma noite. O melhor de tudo é que você pode selecionar somente as assistências que vão ser úteis para você, deixando o seu plano o mais personalizado possível.

Aqui você encontra exatamente tudo o que precisa!

Hora de fechar o contrato! O que é preciso saber?

Decidiu qual o melhor seguro para você? Chegou então o momento decisivo, que é o de assinatura do contrato.

Para começar, você precisa ir até um corretor, uma filial da seguradora (nos modelos convencionais) ou entrar no site da empresa. Feito isso, basta cotar o seguro com os dados do carro, endereço e CPF para saber qual será o valor do seu seguro. Aqui, não se esqueça de ter em mãos tanto os documentos pessoais (como RG, CPF ou CNH) como também a documentação do veículo (CRV e CRLV).

Uma vez escolhidas as coberturas desejadas, basta finalizar a solicitação do seguro e assinar o contrato. Feito isso, você receberá a apólice de seguro (documento que comprova o vínculo e detalha tudo que você tem direito) e, de forma simples, o contrato está fechado e você pode começar a utilizar o seu seguro.

E após ler esse conteúdo com tudo o que você precisa saber antes de fechar o contrato, que tal saber também tudo o que um bom seguro auto possui? Confira o nosso blog e tire as suas dúvidas para ter o melhor serviço e cuidado com o seu veículo!


Photo by Bridgette Chen on Unsplash