Segurês

O que é sinistro de veículo: a Pier te explica tudo

O que é sinistro de veículo: a Pier te explica tudo

Se você pesquisar agora o que é sinistro de veículo vai encontrar a seguinte resposta: “é o termo do mercado de seguros utilizado para denominar a materialização concreta do risco previsto no contrato de seguro.” Muito simples de entender, pena que não.

Hoje nós vamos explicar para você o que é sinistro de veículo, em uma linguagem leve e direta. Tem mais, também queremos lhe dar várias dicas para você economizar no seu seguro auto e contratar aquele serviço ideal para as suas necessidades.

E para que tudo isso? Pois saber o que é sinistro de veículo vai te ajudar a navegar esse mar confuso na relação entre contratante e seguradora.

Já que até mesmo para pesquisar os valores dos seguros em alguns lugares é preciso andar com um dicionário de termos técnicos em mãos. Muito bem, vamos começar. Fique confortável e aproveite a leitura!

O que é sinistro de veículo?

Vamos começar pelo ponto principal do nosso artigo, o que é sinistro de veículo?

‘Sinistro’ é um acidente que causa danos e/ou prejuízos a um bem segurado e, por isso, o termo está presente na apólice do seguro. Não importa a forma do acontecimento, se de maneira súbita, involuntária ou imprevista.

Ou seja, tudo aquilo que consta na apólice de seguros e aconteceu é considerado um sinistro. Então, se lá estiver que o carro tem proteção contra roubos e furtos, e ele for furtado, ali houve um sinistro.

O mesmo serve para o caso do carro com proteção contra quedas de árvores e o automóvel for acertado por uma.

Todos os danos causados pelas situações cobertas na apólice são indenizados ao contratante. O sinistro pode ser considerado parcial ou integral, tudo depende do dano causado.

A perda parcial acontece quando o veículo pode ser reparado. Já o sinistro integral (perda total) é quando o carro não pode ser recuperado, seja por motivo de roubo ou colisão.

O que é sinistro de veículo com perda parcial?

pessoa olhando o farol do carro após uma batida e falando no celular

Então, um sinistro de perda parcial ocorre quando os danos sofridos pelo carro não superam 75% do valor do veículo. Ou seja, é um caso de batida, colisão, mas com reparos possíveis.

Entender o sinistro parcial é importante para depois compreender o que é um carro sinistrado. Veja: primeiro, é preciso saber como as seguradoras interpretam um sinistro.

Quando existe uma apólice de seguro, são elencados, nela, os prejuízos aos quais o segurado terá direito à cobertura, ou seja, receberá ressarcimento – e esses danos são os chamados sinistros.

Quando um carro sofre um sinistro, que pode ser uma batida, vidro quebrado ou arranhões na lataria, e está segurado, isso significa que a seguradora vai pagar uma indenização proporcional ao dano causado quando ele ficar abaixo dos 75% do valor de mercado.

Esse tipo de sinistro é conhecido como parcial. Agora, quando ocorrer roubo ou furto do veículo, a seguradora cobrirá o valor integral da indenização, e, por isso, ele é chamado de sinistro total.

Então, um carro que sofreu um sinistro é um carro sinistrado (nós vamos falar deles em mais detalhes ainda neste artigo).

Como funciona sinistro de veículo com perda integral?

Para entender o que é sinistro de veículo, você precisa saber como ele funciona quando trata-se da perda integral.

Se os danos sofridos pelo automóvel superaram os 75% do valor do carro, ou se ele foi roubado / furtado, então não há recuperação possível.

Nesse caso, a seguradora tem que arcar com o sinistro de veículo com perda total. É assim que surge o reembolso.

Há inúmeros prêmios e modalidades de reembolsos. Na Pier nós trabalhamos com a  tabela FIPE e reembolsamos o valor de um modelo seminovo do veículo.

Por conta do nosso seguro ser muito mais simples e enxuto do mercado, conseguimos oferecer o reembolso em até 4 dias úteis após a solicitação. O que é um recorde, quando comparado ao processo das outras seguradoras.

Como saber se o veículo é sinistrado?

A comercialização de carros que já sofreram perda total não é ilegal já que eles podem ser recuperados e passar por um processo de certificação. No entanto, alguns revendedores podem não ser transparentes e não informarem o motorista sobre o sinistro do veículo.

Dessa maneira, é importante que o condutor conheça alguns truques para identificar um veículo sinistrado.

1. Confira a documentação

O documento de um carro sinistrado terá uma observação com o título “SINISTRO/RECUPERAÇÃO”, que indica que o veículo foi danificado e passou por um conserto ou reforma.

2. Sinistros deixam cicatrizes

Batidas ou até acidentes mais graves podem ser identificados ao observar a lataria do veículo. Amassados, riscos profundos, ondulações, mudança de textura da pintura indicam que o veículo já passou por alguma situação do tipo.

3. Peça ajuda de um mecânico ou especialista

Antes de finalizar a compra de um veículo sinistrado, é recomendado analisá-lo ao lado de um mecânico ou especialistas. Eles conseguem identificar e prever problemas que podem aparecer no futuro.

O que é um carro sinistrado?

É importante saber quais são os tipos de carros sinistrados para entender tanto o que é sinistro de veículo quanto às decisões da seguradora quando você precisar acionar seus serviços. No total, são 3 os tipos:

  • Pequena monta – quando o dano não é tão grande e o carro pode ser recuperado. Esse tipo de sinistro não é indicado no documento do veículo.
  • Média monta – nesses casos o dano é mediano, e geralmente pode ser reparado, mesmo que custe caro. Sendo assim, o sinistro é informado no documento.
  • Grande monta – são danos maiores ao carro, incluindo perda total, em que o custo do conserto chega a 75% do valor do prêmio. O sinistro também é informado no documento.

E sim, um carro sinistrado pode ser comercializado normalmente. Não há qualquer impeditivo para isso na legislação. Contudo, é preciso garantir que os documentos do veículo estejam sempre atualizados.

Um golpe acontece quando o revendedor tenta vender um carro sinistrado como se o veículo jamais tivesse passado por um sinistro. E isso é terrível para o comprador. Já que pode implicar em inúmeros problemas legais adiante, sobretudo com as seguradoras.

O que significa APP?

APP é um termo específico do seguro de vida, mas que também pode aparecer em alguns seguros para carros. Significa Acidentes Pessoais de Passageiros.

É uma cobertura adicional com o objetivo de indenização por danos ocorridos aos passageiros do veículo segurado em caso de acidente. As principais garantias oferecidas pelo seguro de APP são:

  • Morte e Invalidez Permanente
  • Despesas Médico Hospitalares
  • Extensão para os países da América do Sul entre outras

Esse tipo de seguro é comum sobretudo em viagens em ônibus fretados, ou serviços correlatos. Apesar do termo aparecer na pesquisa de sinistros, para quem pretende contratar um seguro para o dia a dia é pouco provável que exista uma cláusula APP.

Como é calculado o valor do seguro?

Imagine que a seguradora funciona como uma gerenciadora de riscos. Ela vai estipular com você um valor para assumir todos os problemas que possam acontecer na sua vida.

Então um seguro doméstico lidará com problemas da casa, um seguro auto do seu carro, de vida com a sua saúde, etc. Sendo assim, é difícil estipular a fórmula exata para calcular o valor do seguro. Já que há infinitas variáveis neste cálculo.

A seguir nós vamos explicar como funciona o cálculo do valor do seguro Pier. Assim você será capaz de entender pelo o que está pagando ao contratar os nossos serviços.

Como funciona o seguro Pier?

Agora que você sabe o que é sinistro de veículo, que tal entender um pouco mais sobre como a Pier trabalha com o seguro para carros?

Nosso seguro é enxuto e prático, desenvolvido para quem precisa de uma proteção no dia a dia, mas também precisa contar com mensalidades baixas e ótimo serviço de atendimento 24 horas.

Pensando nisso, oferecemos um seguro que cobre:

  • Proteção contra roubos, furtos perda total e danos parciais, garantindo o seu reembolso em até 4 dias úteis;
  • Assistência 24 horas, incluindo guincho para todo o Brasil;
  • Técnico disponível caso o seu carro sofra uma pane elétrica ou mecânica;
  • Chaveiro;
  • Estacionamento por uma noite;
  • Troca de pneu;
  • Assistência, caso o seu veículo fique sem combustível.

E com este serviço minimalista nós podemos oferecer um preço atraente com base em três fatores:

  • O modelo do seu carro
  • A localização da sua residência
  • A sua idade

O modelo do carro é importante para avaliarmos o valor do reembolso, com base na tabela FIPE.

Já a localização da sua residência nos mostra dados sobre as incidências de roubos e furtos, e a sua idade nos aponta caminhos sobre seus hábitos e os riscos envolvidos na negociação.

E esse é o nosso jeito de mostrar para você que prezamos pela clareza de todas as informações. Para nós a transparência é o ponto principal na negociação.

O que é sinistro de veículo: um resumo

Agora você já sabe o que é sinistro de veículo e que trata-se do acontecimento coberto pela apólice de um seguro.

E um carro sinistrado é aquele que precisa de um conserto para que possa circular novamente com segurança. E que é obrigação dos responsáveis constar o sinistro da documentação do veículo.

Sabendo o que é sinistro de veículo, o mais você pode querer se não um seguro ágil, moderno, minimalista, diferente e acessível. Então, aproveite para conhecer o seguro auto da Pier e se surpreenda com essa solução incrível.